top of page
  • Foto do escritorARCO

ONG Arco oferece atendimento psicológico gratuito para população LGBTQIAP+

O programa busca garantir acesso à saúde mental e combater desigualdades sociais e violência



A ONG Arco abriu, nesta segunda-feira (27), processo seletivo para atendimento psicológico gratuito para a população LGBTQIAP+, em situação de vulnerabilidade. Serão oferecidas 30 vagas e todas as informações estão disponíveis no formulário de inscrição (bit.ly/psiarco). Os atendimentos, realizados por profissionais treinados e supervisionados pela Arco, serão on-line. As inscrições seguem até às 18h do dia 7 de março.


De acordo com o presidente da ONG Arco, Carlos Santos, que também é psicólogo o objetivo da ação é reduzir as desigualdades sociais e a violência contra as populações vulneráveis LGBTQIAP+ e negras. “A população LGBTQIAP+ ainda sofre muita violência e discriminação e isso afeta de formas variadas as pessoas que integram esta comunidade. Uma das esferas mais atingidas é a saúde mental. Para se ter ideia, pessoas LGBTQIAP+ tem mais chances de desenvolver transtornos mentais e também possuem risco aumentado para suicídio”, ressaltou.


Ainda segundo Santos, o programa também tem outro viés, promover a saúde mental de maneira democrática. “Diante desse cenário preocupante, decidimos ofertar cuidado e prevenção, de forma a minimizar o sofrimento dessas pessoas a partir de uma escuta e acompanhamento profissionais, com foco em quem precisa do serviço, mas não têm condições de custear um tratamento. É uma maneira de promover a vida e a dignidade das pessoas. O direito de cuidar da saúde mental”, concluiu.


O período de acompanhamento dos pacientes será de até cinco meses. É importante que os interessados fiquem atentos, pois durante o processo, faltas não justificadas podem levar à perda da vaga. Outras informações estão disponíveis no perfil da instituição no Instagram (@ong.arco) ou pelo Whatsapp: (81) 9.8605-3740.


ARCO - Criada em maio de 2022, a ONG Ação Regional de Contribuição social e Oportunidades (Arco) realiza trabalhos de combate ao preconceito e discriminação à comunidade LGBTQIAP+, por meio de projetos em diversos eixos de atuação, que acontecem de forma sazonal e a partir do financiamento coletivo da sociedade civil. O grupo, que atua principalmente em comunidades de Jaboatão Centro, promove ainda articulações com instituições públicas e privadas, com o objetivo de levar educação e informação sobre diversidade para o público em geral.

Comments


bottom of page