top of page
  • Foto do escritorARCO

Ministro dos Direitos Humanos diz que secretaria LGBTQIA+ está criada



Durante a semifinal do "The Voice Brasil" (27), Lulu Santos , 69, destacou que o Brasil "segue sendo o país que mais mata pessoas LGBTQIA+ " e, por isso, precisa de uma secretaria especial para mudar esse cenário. Por isso, o cantor pediu ao governo do presidente diplomado Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que crie uma secretaria dedicada a cuidar de assuntos relacionados a comunidade LGBTQIA+.


le foi respondido pelos futuros ministros da Justiça e Segurança Pública e dos Direitos Humanos e Cidadania , Flávio Dino e Silvio Almeida , respectivamente. "Eu queria lembrar ao novo ministro da Justiça que o nosso país segue sendo o que mais mata pessoas LGBTQIA+. E que talvez nesse novo Ministério da Justiça coubesse uma secretaria para cuidar desse assunto", declarou o artista, ressaltando que essa realidade "envergonha a alma dos brasileiros".

Por meio de seu perfil no Twitter, Flávio Dino, anunciado por Lula como ministro da Justiça e Segurança Pública , disse concordar com a proposta do cantor.

"Concordo com a proposta de Lulu Santos, apresentada no 'The Voice'. Vou dialogar com o ministro dos Direitos Humanos, Silvio Almeida, a fim de que façamos um trabalho conjunto", afirmou.

Comments


bottom of page