top of page
  • Foto do escritorARCO

Bruna Linzmeyer revela que psicanalista tentou submetê-la à "Cura Gay"

Afirmou ainda que essa tentativa de mudança de sua orientação sexual aconteceu por causa de sua identidade lésbica.


Em uma entrevista recente, a atriz Bruna Linzmeyer, que está atualmente em um relacionamento com Marta Supernova e interpretando o papel de Melissa na peça 'Medusa', revelou que foi vítima de uma tentativa de 'cura gay' por parte de um psicanalista. Afirmou ainda que essa tentativa de mudança de sua orientação sexual aconteceu por causa de sua identidade lésbica.

Durante a entrevista, Bruna Linzmeyer compartilhou como a trama de "Medusa" aborda a violência sofrida por Melissa, que inspira um grupo de mulheres religiosas fanáticas a saírem às ruas e agredir outras mulheres vistas como "pecadoras". A atriz, nascida e criada em Corupá (SC), também revelou ao UOL que não foi difícil para ela se assumir como lésbica, apesar de ter enfrentado alguns conflitos.

No entanto, Bruna fez uma reflexão sobre como o corpo das mulheres é frequentemente visto como público, permitindo que outras pessoas deem opiniões e tentem controlá-lo. Ela compartilhou sua experiência traumática em um consultório de psicanálise, onde a psicanalista era lesbofóbica e a cerceou por anos, levando-a a passar pelo que se conhece como "cura gay". Para Bruna, a liberdade é um exercício constante que requer comprometimento com os próprios desejos e a construção de uma rede de afeto que ofereça suporte. Caso contrário, viver cercada por pessoas e familiares que nos julgam constantemente pode tornar a busca pela liberdade ainda mais difícil.

Komentarze


bottom of page